Entendendo e recuperando dados com Flashback

Olá pessoal, este é o segundo artigo do DBA Fabio Prado dando continuidade ao artigo anterior. Boa leitura.

Conforme prometido no artigo Configurando o UNDO Tablespace que eu escrevi publicado recentemente neste blog, irei explicar neste artigo o que é Flashback e como utilizá-lo para efetuar recuperações de dados mais rápidas e mais simples. Com Flashback você pode reduzir o tempo de recuperação de dados de horas para minutos.

Flashback é uma tecnologia que pode ser utilizada para efetuar apenas recuperações lógicas, portanto, ela não substitui as estratégias de backup/recover tradicionais, que permitem além de recuperações lógicas, efetuar recuperações físicas. Agora vem uma pergunta, qual a diferença entre recuperações lógicas e físicas? Ou melhor… o que é uma perda de dados lógica e o que é uma perda de dados física?

Basicamente, podemos entender como perda de dados física, o exemplo de um corrompimento dos arquivos de dados de um Banco de Dados, decorrente de um problema físico em disco. Quando um arquivo está corrompido, precisamos restaurar uma cópia deste arquivo a partir de um backup.

Uma perda de dados lógica é uma perda de dados em que o arquivo de dados não está corrompido ou não sofreu danos. Uma perda lógica pode ser ocasionada por uma falha humana, decorrente de uma instrução SQL executada acidentalmente. Exemplo: Ao tentar apagar uma linha de uma tabela, o desenvolvedor esqueceu de implementar a cláusula WHERE ao executar uma instrução DELETE e todos os dados da tabela foram apagados. Para piorar a situação, a transação já foi finalizada com um COMMIT. Em cenários semelhantes a este é que podemos utilizar Flashback.

Na versão 10G do Oracle Database existiam 5 tipos de tecnologia Flashback: Flashback Database, Flashback Drop, Flashback Table, Flashback Query e Flashback Versions Query.

Na versão 11G foram acrescentadas mais 3: Flashback Data Archive, Flashback Transaction e Flashback Transaction Query. Segue abaixo um quadro  (Quadro 01) contendo um resumo sobre as tecnologias Flashback existentes no Oracle 11G. O quadro apresenta as seguintes informações:

Cursos Online
  • Tecnologia Flashback: nome da tecnologia Flashback;
  • Nível de objeto: nível de objeto em que a tecnologia atua;
  • Descrição/ Exemplos de cenários de utilização: Descrição sobre a tecnologia e exemplos de perdas de dados em que a tecnologia pode ser aplicada.
Tecnologia Flashback Nível de objeto Descrição / Exemplos de cenários de utilização
Database Banco de Dados Permite restaurar o BD para um específico ponto no tempo, usando Flashback logs.
Pode ser usada p/ desfazer TRUNCATE TABLE ou alterações DDL.
Drop Tabela Permite recuperar tabelas inteiras de uma espécie de lixeira, conhecida como recycle bin.
Pode ser usada para recuperar uma tabela apagada acidentalmente (sem a cláusula PURGE).
Table Tabela Permite recuperar tabelas inteiras para um específico ponto no tempo, usando dados do UNDO Tablespace.
Pode ser usada para desfazer uma operação de UPDATE ou DELETE acidental.
Query Tabela Permite pesquisar dados em algum ponto no passado, usando dados do UNDO Tablespace.
Pode ser usada para pesquisar dados que foram apagados ou alterados acidentalmente.
Versions Query Tabela Permite diferentes versões de uma linha em um específico intervalo de tempo (ao invés de um único ponto no tempo), usando dados do UNDO Tablespace.
Pode ser usada para comparar versões anteriores, apagadas ou alteradas, de linhas de uma tabela.
Data Archive Tabela Permite manter e pesquisar dados históricos de uma tabela, por um período pré-configurado, usando um arquivo próprio, totalmente independente de dados de UNDO.
Pode ser usada para pesquisar dados históricos e versões anteriores de linhas de uma tabela.
Transaction Transação Permite investigar e desfazer uma transação e opcionalmente, as transações dependentes, usando dados do UNDO Tablespace.
Pode ser usada para desfazer todos os passos de uma transação executada acidentalmente.
Transaction  Query Transação Permite pesquisar dados de todas as mudanças afetadas por uma transação.
Pode ser usada para pesquisar dados que foram apagados ou alterados acidentalmente por uma transação.

Quadro 01- Tecnologias Flashback existentes no Oracle Database 11GR2

Há muito o que falar sobre todas as tecnologias Flashback e isso é assunto para vários artigos. A idéia principal aqui, é passar uma visão geral sobre o assunto e demonstrar apenas uma dessas tecnologias, que eu acho muito útil e simples de usar, e que pode ajudar muitos desenvolvedores ou DBAs, que precisam voltar o estado anterior de dados alterados por uma instrução SQL acidental ou por uma alteração indevida de dados via sistema: a tecnologia Flashback Versions Query (ver imagem 01).

Imagem 01 - Representação gráfica de como a tecnologia Flash Version Query pode ser utilizada

Flashback Versions Query pode ser utilizada para pesquisar dados que foram alterados ou apagados de uma tabela, e que ainda estão no UNDO tablespace. Para quem não sabe o que é ou para que serve o UNDO tablespace, e como configurá-lo adequadamente para usar Flashback, recomendo a leitura prévia do artigo Configurando o UNDO Tablespace.

Segue abaixo um passo-a-passo que pode ser executado em qualquer Banco de Dados que tenha o schema HR instalado (ver artigo Instalando o schema de exemplo HR), por qualquer usuário que tenha apenas os privilégios de SELECT e UPDATE na tabela HR.EMPLOYEES.

Recuperando dados através de Flashback Versions Query

Passo 1: Pesquisando valor atual de salário do empregado 107:

Execute a instrução SQL abaixo para pesquisar o salário atual do empregado 107:

SELECT  SALARY   FROM     HR.EMPLOYEES
WHERE   employee_id = 107;
Resultado:
SALARY
----------
33600

Passo 2: Atualizando o salário do empregado 107:
Execute a instrução SQL abaixo para triplicar e atualizar o salário do empregado 107:

UPDATE  HR.EMPLOYEES  SET  SALARY = SALARY * 3  WHERE   EMPLOYEE_ID = 107;
COMMIT;
Resultado:
1 linhas atualizado.  submetido a commit. 

Passo 3: Atualizando novamente o salário do empregado 107:

Supondo que na instrução SQL do passo anterior você executou uma atualização indevida, pois a atualização correta deveria apenas ter dobrado o salário do empregado 107, execute a instrução SQL abaixo para corrigir os valores:

UPDATE  HR.EMPLOYEES </strong> <strong> SET SALARY = SALARY / 3 * 2 WHERE   EMPLOYEE_ID = 107;
COMMIT;
Resultado:
1 linhas atualizado.  submetido a commit.

Passo 4: Atualizando novamente o salário do empregado 107:

Neste momento, chegou um novo pedido do RH para dar um aumento de salário de somente 30% para o empregado 107. Para dar este aumento você precisa descobrir qual era o valor do salário antes das últimas alterações. Para identificar este valor, basta olhar o resultado da consulta abaixo, que utiliza Flashback Versions Query para consultar no UNDO Tablespace todas as versões de linhas (anteriores e atual) do empregado 107:

SELECT     to_char(VERSIONS_STARTTIME, 'dd/mm/yyyy hh24:mi:ss') as v_start,      to_char(VERSIONS_ENDTIME, 'dd/mm/yyyy hh24:mi:ss') as v_end,       VERSIONS_OPERATION as v_op,       EMPLOYEE_ID,       SALARY,       VERSIONS_ENDSCN as v_scn  FROM        HR.EMPLOYEES   VERSIONS BETWEEN TIMESTAMP MINVALUE AND MAXVALUE  WHERE     EMPLOYEE_ID = 107  ORDER  BY VERSIONS_ENDTIME;
Resultado:
V_START                  V_END                        V_OP   EMPLOYEE_ID  SALARY V_SCN
----------------------- ------------------------ ------- -----------------    ---------- -------------
18/12/2012 21:12:42                107                          33600   96377080437  18/12/2012 21:12:42   18/12/2012 19:13:06      U       107                        100800   96377080446  18/12/2012 21:13:06                                          U       107                         67200

De acordo com o resultado acima, o valor inicial do salário era 33600. Para dar o aumento correto (último valor informado de 30%), podemos realizar um novo UPDATE de diversas formas. Segue abaixo um exemplo, que irá fazer a nova atualização pegando o valor de salário da versão mais antiga, que teve seu valor alterado (coluna V_END ) em 18/12/2012 21:12:42:

UPDATE  HR.EMPLOYEES   SET
SALARY = (SELECT SALARY FROM HR.EMPLOYEES WHERE  VERSIONS_ENDSCN  = 96377080437)  * 1.3
WHERE   EMPLOYEE_ID = 107;
COMMIT;

Bom pessoal, agora que já corrigimos o valor, encerro por aqui o artigo!

Espero que tenham gostado! Qualquer dúvida, é só deixar um comentário!

Fonte: www.fabioprado.net/2012/12/recuperando-dados-com-flashback.html

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on LinkedIn0Print this pageEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Willian Rodrigues

Receba as atualizações do blog no seu e-mail