6 ferramentas para facilitar a vida no trabalho

Conheça aplicativos que ajudam a organizar tarefas, criar mapas mentais, calcular sua produtividade e até integrar funcionários de vários departamentos.

Falta de comunicação, baixa produtividade, desorganização? Selecionamos seis ferramentas que ajudam a resolver esses e outros problemas, tornando o dia a dia na empresa mais fácil e, de quebra, também mais descontraído. Confira:

ORGANIZAÇÃO DE TAREFAS

Trello (Foto: Divulgação)

TRELLO – Um dos princípios da plataforma é fazer com que você nunca mais precise fazer aquela clássica pergunta: “Quem está fazendo o quê, mesmo?” Com o aplicativo, o usuário pode compor um mural na tela no tablet para reunir informações, colegas e tarefas referentes ao trabalho que está desenvolvendo. Além dissso, dá para subir arquivos e compartilhá-los com qualquer pessoa. O serviço é gratuito e pode ser conectado a aplicativos da Google Apps – integrando e-mail, mapas e agenda, por exemplo. Há também uma versão empresarial – que custa de US$ 200 por ano – com ferramentas específicas para tarefas corporativas.

Runrun.it (Foto: Divulgação)

RUNRUN.IT – A plataforma ajuda a gerenciar a equipe, mantendo o fluxo de trabalho organizado e as tarefas priorizadas. Seu diferencial é integrar a gestão, o tempo de realização das tarefas e o desempenho dos funcionários. O RunRun.it facilita o feedback entre gestor e equipe e gera relatórios detalhados. “É possível ter uma visão clara de quais são os gargalos da empresa, saber como os funcionários estão gastando o tempo e reconhecer quem efetivamente está produzindo mais e melhor”, afirma Antonio Carlos Soares, cofundador e CEO da RunRun.it. Até cinco usuários, o serviço é grátis. Acima disso, a empresa oferece outros quatro planos – o preço varia de R$ 40 a R$ 800, dependendo do número de interessados.

PRODUTIVIDADE E PROJETOS

MindMeister (Foto: Divulgação)

MINDMEISTER – Com esse aplicativo, funcionários de vários lugares podem desenvolver juntos um mesmo mapa mental, compartilhando ideias e sintetizando pesquisas e resultados. Assim, sobra mais tempo livre para que a equipe desenvolva soluções. “Com ele, consigo definir melhor o que fazer em cada parte do projeto. O aplicativo  também me ajuda muito a fazer brainstorm”, afirma Eric Hayashi, co-fundador da synapseshub. O Mindmeister oferece três planos pagos – que variam de € 4,99 a € 14,99 mensais, dependendo da finalidade, da quantidade de usuários e das ferramentas que você quiser incrementar. Mas é possível fazer um teste grátis para conhecer a ferramenta.

Cursos Online
DeskTime (Foto: Divulgação)

DESKTIME – Permite saber – literalmente – quanto tempo você gasta em atividades improdutivas e o quanto isto pode afetar a empresa. O software analisa os movimentos do mouse do usuário, identificando os programas acessados. Os dados são enviados para um painel de controle, ajudando a mensurar a produtividade de cada um da equipe. “O Desktime serve como parâmetro para quem está em menor destaque evoluir. O gestor também pode exigir resultados maiores e criar uma competição produtiva interna saudável”, afirma Tomás Duarte, CEO da Trackscale e vice-presidente da Associação Brasileira de Startups. Dá para baixar uma versão demo para teste no site do Desktime ou optar pelo aplicativo gratuito – disponível para iOS e Android.

Mural.Ly_mural (Foto: Divulgação)

MURAL. LY – Espécie de mural interativo onde o gestor pode compartilhar post.its com a equipe. Também é um aliado para quem tem vários empreendimentos e sócios diferentes, já que ajuda a organizar anotações, recados e lembretes. “O Mural.ly aumentou muito a nossa produtividade porque a informação não se perde no tempo ou fica esquecido”, afirma Tomás Duarte, da Associação Brasileira de Startups. O serviço é gratuito – para utilizá-lo, basta se cadastrar no site.

INTEGRAÇÃO DE EQUIPES

Yammer (Foto: Divulgação)

YAMMER – É uma mistura de Facebook e Twitter corporativo, que permite o cadastro apenas de funcionários com e-mail vinculado ao domínio da empresa. O Yammer cria a possibilidade de comunicação entre pessoas de diferentes departamentos, que podem publicar fotos, arquivos e comentários, gerando uma troca de ideias e de sugestões. O serviço serve ainda como um espaço de descontração entre os funcionários, fora do e-mail corporativo ou dos chats privativos. O diretor também pode aproveitar a rede para enviar uma mensagem direta para um grupo  determinado de funcionários – e eles, por sua vez, podem curtir, comentar e ter um canal mais acessível e direto com o chefe. A rede é gratuita, mas há também planos pagos com ferramentas específicas.

Fonte: Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on LinkedIn0Print this pageEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Willian Rodrigues

Receba as atualizações do blog no seu e-mail