Golpe no WhatsApp usa marca Coca-Cola para roubar dados das vítimas

Novo golpe no WhatsApp envolve a marca mundial de bebidas Coca-Cola. Promoção falsa promete uma bolsa térmica e seis garrafas de refrigerante para os interessados que se cadastrarem em uma plataforma fictícia, a partir de um link malicioso divulgado no mensageiro. De acordo com informações da desenvolvedora de apps de segurança PSafe, até o momento foram detectados 15 mil casos.

O Brasil tem funcionários desmotivados. O que fazer?

A saúde organizacional deve ser vista como um dos ativos mais importantes. Cada CEO precisa analisar, do ponto de vista dos negócios, quais serão as transformações necessárias e como elas implicarão em crenças e comportamentos.

Reavaliar qual tipo de cultura é disseminada em sua empresa, qual mensagem é passada para frente, e como ela afeta o trabalho de toda a cadeia produtiva é um passo importante para o sucesso – hoje é fácil ter parâmetros objetivos, com fatos e dados, para essas questões mais subjetivas.

Sem funcionários motivados o resultado da empresa não será atingido de forma sustentável ao longo dos anos.

Cupom de desconto de R$ 300 do Uber Plus é golpe, alerta PSafe

“Promoção Uber Plus” é um golpe disseminado nas redes sociais que usa o nome do aplicativo de viagens para atrair pessoas com supostos cupons de desconto de R$ 300. Porém, para ganhar o prêmio, elas precisam preencher um formulário, e é a partir dele que os criminosos roubam informações pessoais e bancárias dos usuários. O golpe foi detectado pelos especialistas do dfndr lab, da desenvolvedora de apps de segurança PSafe, que identificaram 85 mil tentativas de acesso e compartilhamentos de links maliciosos do esquema desde a última terça-feira (4) no Brasil.

Como criar Aplicativos Android do seu site sem programação

O Appenguin é uma solução online que transforma qualquer site, aplicação ou página Web numa app Android em minutos.

A ideia é simples e tudo é baseado em WebView, ou seja, o conteúdo será carregado dentro de uma área da aplicação e será apresentado para o usuário como se fosse uma aplicação nativa.

Claro que existem alguns problemas, como a necessidade de Internet no dispositivo do usuário, mas dependendo da sua necessidade, o Appenguin pode ser muito útil.

MQTT – Protocolos para IoT

O MQTT não é tão sofisticado quanto o AMQP (Advanced Message Queuing Protocol), que possui mais funcionalidades e cenários de uso, mas é simples o suficiente sem deixar de contemplar características como segurança, qualidade de serviço e facilidade de implementação. Essas características fazem do MQTT um bom candidato para implementações e usos em sistemas embarcados, embora a competição seja acirrada.

Neste artigo discutiremos um pouco sobre o MQTT, explicando o seu funcionamento e aplicações.

Conhecendo o MQTT

Por que o MQTT é um dos melhores protocolos de rede para a Internet das Coisas?

Para os dispositivos de Internet das Coisas (IoT), a conexão com a Internet é um requisito. A conexão com a Internet permite que os dispositivos trabalhem entre si e com serviços de backend. O protocolo de rede subjacente da Internet é o TCP/IP. Desenvolvido com base na pilha TCP/IP, o MQTT (Message Queue Telemetry Transport) tornou-se o padrão para comunicações de IoT.

O MQTT foi inventado e desenvolvido inicialmente pela IBM no final dos anos 90. Sua aplicação original era vincular sensores em pipelines de petróleo a satélites. Como seu nome sugere, ele é um protocolo de mensagem com suporte para a comunicação assíncrona entre as partes. Um protocolo de sistema de mensagens assíncrono desacopla o emissor e o receptor da mensagem tanto no espaço quanto no tempo e, portanto, é escalável em ambientes de rede que não são confiáveis. Apesar de seu nome, ele não tem nada a ver com filas de mensagens, na verdade, ele usa um modelo de publicação e assinatura. No final de 2014, ele se tornou oficialmente um padrão aberto OASIS, com suporte nas linguagens de programação populares, usando diversas implementações de software livre.

Newsletter willianrdg.com.br
Assine a newsletter e receba as atualizações do blog no seu e-mail.